20Fingers “De Mozart a Chico Buarque”

20FINGERS (João Vasco/ Eduardo Jordão) is the four hands piano duo that came onto the scene in 2007 in the Irish city of Cork. Since when they have been enthusiastically received by audiences in venues such as the Belém Cultural Centre, the Cascais Cultural Centre and in seasons of music such as the ‘Berlinda’ Festival (Berlin, opening recital), Azores Music Festival, ‘Musica nas Praças’ (Open Air Music) Festival (Metropolitana/EGEAC), ‘music.com’ (Loulé Municipal Council) or Coimbra Music Festival. Virtuosity, rhythm, dance and humour distinguish the current recital, ‘from Mozart to Chico Buarque’, taking in all tastes and ages from classical sonata to ragtime, tango to chorinho and with unreleased arrangements for piano for the four hands.

.

20 FINGERS é o nome do duo a 4 mãos constituído pelos pianistas João Vasco e Eduardo Jordão. Esta formação estreou-se em 2007, na cidade irlandesa de Cork, e desde então tem recolhido as entusiásticas reacções das plateias de salas como o Centro Cultural de Belém, Centro Cultural de Cascais e temporadas de música como o Festival “Berlinda” (Berlim, recital de abertura), Festival de Música dos Açores, Festival (CM Loulé) “Música nas Praças” (Metropolitana/EGEAC), Ciclo “música.com”, ou Festival de Música de Coimbra. O virtuosismo, o ritmo, a dança e o humor marcam o recital agora em digressão, “de Mozart a Chico Buarque”, que, abrangendo todos os gostos e idades, da sonata clássica ao  ragtime, do tango ao chorinho,  conta com os arranjos inéditos para piano a quatro mãos dos pianistas Eduardo Jordão e Inês Mesquita.

.

.
“At a piano recital, you generally find yourself either able to see the hands or see the face(s). There are pros and cons to both views. This time I could see their faces and, believe you me, I felt a little bit sorry, throughout the performance, for those who could not. They were entertainment alone. I mean, forget the gorgeously expressed and controlled playing. There was a fabulous rapport between these two young men and there were lovely comedic touches, especially in Satie’s “Parade”. I do hope these two come back for a repeat in the not too distant future.”
Anne-Marie – Cork, Ireland in “This Reviewer”, 08/2007
.

“Harmonia e delicadeza foram palavras de ordem em mais uma noite de FESMUC. (…) O ritmo quase que galopante da calma melodia entre notas ecoava pelo auditório, cativando e prendendo o público até à alma mais divagante. No final de cada música, os aplausos eram sincronizados e coesos, expressivos e bem representativos da qualidade do espectáculo. (…) Para finalizar, “Meu Caro Amigo” em jeito de despedida desdes fiéis amigos que aqueceram os corações de uma plateia cheia em mais uma noite fria de Novembro. “
“Cultur´ArtMag” Magazine Cultural de Coimbra, 10/ 2011
.

“Tive a oportunidade de ouvir com regularidade as interpretações do grupo 20fingers. Ressalvo os seguintes aspectos que me surpreenderam de forma extremamente positiva: solidez técnica, rigor na leitura da partitura e um equilíbrio sonoro projectado de forma excepcional; denota-se um espírito de grupo extraordinário pela sintonia musical e singularidade comunicativa com o público. Sendo dois pianistas que pensam a música de forma integra e honesta, relevo a criatividade e sofisticação com que se apresentam e a vontade camerística que os une na partilha do palco”.
Paulo Pacheco, pianista, Direcção da Orquestra Metropolitana de Lisboa, 07/2011
.

“20 dedos de quatro mãos. Dois pianistas que inebriam qualquer público que tenha a sorte de os ouvir. Brincando com a História da Música com uma criatividade que sempre nos surpreende e com a enorme alegria que João Vasco e de Eduardo Jordão nos transmitem, ouvimos “estórias” que fizeram parte das vidas de Mozart e de Schubert, mas também (e tão bem!!!) de Astor Piazzolla e de Chico Buarque…“20 FINGERS” para ver (sempre) e ouvir (obrigatoriamente)….”
Eduardo Fragoso,Presidente da Associação António Fragoso/ Presidente da AFA Agency/ Direcção da Academia Internacional de Música de Coimbra,  Junho 2012